Goebells, propaganda nazista e o “novo sleeping giants”

O que os enunciados acima têm em comum? Assassinato de reputações, corrupção da mídia e propaganda enganosa.

Segundo a Gazeta do Povo, o Sleeping Giants é um perfil no Twitter e Instagram, que tem por objetivo lutar contra as fake news, sites que apoiam ideias fascistas e discursos de ódio; atacando, não diretamente os ditos sites, mas fazendo com que os patrocinadores deixem de monetizar conteúdos destes sites e blogs. O Sleeping Giants é notadamente de esquerda, e os sites aos quais dirige seus ataques são publicações de direita, pró-governo e sites conservadores.

O termo propaganda, vem do latim “propagare” e foi cunhado pelo Papa Gregório XV, com o objetivo de converter os povos nas novas terras, usando como símbolos a cruz, o sino e as procissões, como sinais propagadores da fé. Os nazistas foram os primeiros a utilizar propaganda e a contrapropaganda para manipulação das massas. Joseph Goebells, o plenipotenciário ministro da propaganda nazista, em sua guerra pessoal contra a liberdade de imprensa chegou a declarar: “Qualquer homem que ainda tenha um resíduo de honra tomará todo cuidado para não se tornar jornalista”. Uma de suas táticas era retirar o patrocínio de empresas que trabalhavam para o governo de financiar ou apoiar qualquer ato contra o mesmo, feito por autênticos jornalistas comprometidos em declarar as mazelas do nazismo e o assassínio sistemático de reputações.

A tática do Sleep Giants é exatamente a mesma. Faz um print dos sites que apoiam Bolsonaro, mostrando quem são os patrocinadores e monetizadores, depois os expõe contra a opinião pública (de esquerda), fazendo com que caia a monetização de sites pró-governo. Isto tem acontecido com publicações, cursos e vídeos de Olavo de Carvalho, sites como o “Jornal da Cidade” e canais cristãos de renomados pastores. A meta principal é criminalizar qualquer manifestação feita pelos conservadores, cristãos e apoiadores de Bolsonaro.

A orientação do Apóstolo Paulo continua atualíssima: “não sejamos como meninos flutuantes, sacudidos pelas ondas e impelidos por todo o vento de doutrina, pela manobra ardilosa de homens que empregam com maestria as artimanhas do erro, senão que falando a verdade em amor, cresçamos em todas as coisas naquele que é a cabeça: Cristo!” (Ef 4.14-15 BTX).

5 visualizações
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV