AS CRIANÇAS PRECISAM DE AMOR

O verdadeiro amor nunca se desgasta, quanto mais se dá, mais se tem”. Saint Exupéry

Cada um possui uma forma especial de “entender” o amor. Reconhecer essa forma é

compreender a individualidade, e respeitar a interpretação desse sentimento essencial para o ser humano.

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor”. I João 4.8 (NVI)

Amor é Sua essência. Deus ama é amor. Muitos estudam o amor, mas quero citar um autor especial que aborda o tema com muita praticidade.

Segundo o Dr. Gary Chapman existe cinco linguagens para o amor, que são: toque físico, palavras de afirmação, tempo de qualidade, atos de serviço e presentes.

TOQUE FÍSICO: Como o toque é importante e como marca positiva ou negativamente nossas vidas. É comum vermos as crianças encostando-se aos pais, pedindo colo, agarrando os cabelos e pedindo beijos.

Não é de hoje que se conhece o poder do Toque Físico. De acordo com várias pesquisas, crianças tocadas com afeto são emocionalmente mais saudáveis do que crianças privados desse toque.

PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO: Tem pessoas que gostam de ouvir palavras de elogio, incentivo e encorajamento. Algumas pessoas se sentem amadas quando as ouvem. Se forem humilhadas ou privadas de ouvir, certamente interpretarão como não sendo amadas.

TEMPO DE QUALIDADE: Quem se sente amado com Tempo de Qualidade precisa de inteireza. Ainda que sejam apenas 5 minutos, nesse tempo a pessoa deve estar 100% disponível. Não é apenas estar no mesmo cômodo ou na mesma casa que ele, mas ser integral em atenção.

ATOS DE SERVIÇO: Quem tem essa linguagem de amor está sempre procurando ajudar. Afinal, “um gesto vale mais do que mil palavras”. Disposto a fazer o serviço que precisar para demonstrar amor. Se os pais são muito ocupados e não o ajudam em alguma tarefa, ele pode interpretar como não sendo amado.

PRESENTES: “Sou formado em antropologia, o estudo das culturas. Até hoje, ninguém encontrou uma cultura em que presentear não seja uma expressão de amor.” (Gary Chapman). Quem tem essa linguagem de amor não se importa com o valor do presente, mas com a mensagem que ele transmite: Essa pessoa pensou em mim!

Você já sabe qual é a sua linguagem de amor? Conseguiu identificá-la? E a de seu cônjuge? E de seu filho?

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV