Estresse e qualidade de vida

Há diferentes fatores que interferem na qualidade de vida. Nisso, leva-se em consideração questões genéticas, biológicas, psíquicas e ambientais, que se relacionam, interagem e afetam a saúde das pessoas.


Nesse processo dinâmico, o estresse ocupa um espaço que precisa de atenção fundamental. Estar estressado não é o mesmo que estar irritado. A raiva é uma emoção. Ela pode ser considerada como um sinalizador de que algo está nos incomodando. Porém, outras pessoas podem, por exemplo, ficar tristes diante de uma situação estressante.


O estresse é uma resposta dada pelo organismo, e surge quando nos consideramos incapazes de resolver determinada situação. Ou seja, quando procuramos em nós mesmos os recursos necessários para solucionar um problema e não encontramos. Nossos hábitos, valores e a forma como organizamos nosso pensamento têm grande influência sobre o nível de estresse.


Doenças como a hipertensão, problemas cardiovasculares, psoríase, Alopécia Areata (queda de cabelo) e gastrite, por exemplo, se tornam agravadas dependendo do nível de estresse. O estresse prejudica, ainda, o rendimento no trabalho, levando muitas pessoas a pedirem afastamento de suas funções. Há também um grande prejuízo nas relações interpessoais, pois pessoas estressadas tendem a ter mais dificuldades de lidar com situações conflituosas em seus relacionamentos.


De certa forma, não há como viver sem estresse. O modo de vida que estabelecemos na atualidade é, por si, estressante. Porém, podemos criar algumas estratégias para manejar o estresse de forma mais assertiva.


1 – Esteja atento às suas emoções: elas sinalizam o que sentimos diante do que vivemos. Assim, elas servem de alerta para algo que possa estar nos causando prejuízo.

2 – Procure ajuda: o estresse pode matar! Procurar ajuda de um profissional é fundamental para identificar e tratar esse problema. Há tratamentos que não usam medicação, e têm excelentes resultados.

3 – Tenha tempo de lazer: o lazer é fundamental para a diminuição do nível do estresse. Faça coisas que você gosta!

4 – Invista em qualidade de vida: procure ter hábitos saudáveis. Tempo de sono, alimentação, lazer e atividades físicas podem contribuir para uma vida melhor.

Podemos ter uma vida melhor, com menos estresse! Se você continuar vivendo como está, como estará no futuro?


*Jonas é Teólogo, Microseometista Irídeo e Bacharelando em Psicologia pela Unisinos


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV