Visão de Reino: rompendo estigmas

Não há grandeza sem amor, perseverança e disposição para servir. A história do MBCV é uma prova viva dessa verdade. Para ser uma igreja relevante é fundamental que tenhamos como base o ensino e a prática da Palavra de Deus, pois é isso que nos dá a certeza de estarmos em obediência a Sua vontade, andando no caminho correto.


Desde o início, sabíamos que Deus havia nos dado a missão de oportunizar espaços para que as famílias pudessem vir à igreja e aprender, de acordo com suas capacidades e linguagem. Para cada idade Deus tem um propósito, e nós, como igreja, nos dispomos a trabalhar para que isso se realizasse.


Muitas pessoas olham para a igreja hoje e ficam surpresas com o que já alcançamos. Mas, por que essa visão dá certo e alcança as vidas?


No dia 11 de Setembro de 1988 realizamos nossa primeira reunião com ata, com o nome de Missão Batista Cristo é a Vida. Com cerca de 70 pessoas iniciamos o trabalho na Victor Hugo Kunz, em um prédio alugado. Porém, em pouco tempo fomos surpreendidos com um aumento absurdo no aluguel do prédio. Precisávamos nos mexer.


Ficamos sabendo que o Lar do Menino estava fechando as portas, por não conseguir mais manter-se. Firmamos uma parceria! Fazíamos os cultos todo final de semana, e em alguns dias da semana. Toda a estrutura era montada para o culto e, após o seu término, tudo era recolhido. Ali a igreja já começava a desenvolver trabalhos missionários. Sempre nos importamos com o trabalho missionário, pois Deus nos mostrou que uma igreja que faz missões nunca para de ganhar vidas.


Em 1993 adquirimos à vista o terreno onde hoje se encontra a secretaria da igreja, livraria, panorâmico e outras salas de atendimento e serviços. Agindo sempre pela fé e administrando os recursos que gerávamos, fomos crescendo. Deus nos deu estratégias de evangelismo e geração de recursos como o meio-frango, a produção de pães e cucas, o Projeto Expansão e o Chá Beneficente.


Ao receber de Deus a orientação de procurar ter espaço para toda a família, fizemos dessa visão nosso norte. Em 1994 nascia o JUAD – Juniores e Adolescentes, para suprir a necessidade do trabalho com essa faixa etária. Assim foram surgindo os ministérios que hoje temos.


A visão de Apostólica é inovadora e ousada para romper com estigmas religiosos. Sempre primamos por oportunizar espaço para que cada pessoa pudesse colocar seus dons a serviço do Reino de Deus, seja ele o dom da música, ou mesmo o dom de receber os irmãos, preparar alimentos, enfim, colocar as habilidades que Deus deu a cada um a serviço do Reino.


Ao longo desses anos temos vivido por fé, desafiando nossos limites e colocando em prática os princípios da Palavra de Deus. Lutamos contra lógicas impostas pelo sistema religioso que critica o pecador, mas não oportuniza a reconciliação com Deus. Nosso crescimento é resultado de compreendermos que a graça de Deus nos dá, a cada manhã, uma nova oportunidade para ajustarmos a vida aos Padrões do Reino. Na mesma medida, essa graça nos responsabiliza diante das verdades que aprendemos com a Bíblia.


O que fazemos precisa estar de acordo com a palavra de Deus em sua completude, e não apenas naquilo que convém para o momento. Essa é a chave para o crescimento: seguir a visão de Reino dada por Deus.


Fomos chamados para servir. Mas como podemos cumprir isso? Através do próximo e da sociedade. A visão apostólica nos desafia a sermos solução no lugar onde estamos. Ora, se o corpo de Cristo não melhora o lugar onde está, há algo errado!


Uma das palavras que recebemos de Deus e que tem nos acompanhado é um trecho do profeta Isaías. “Dizei aos justos que bem lhes irá; porque comerão do fruto das suas ações. Ai do perverso! Mal lhe irá; porque a sua paga será o que as suas próprias mãos fizeram”. Isaías 3.10-11


Justo é aquele que procura se ajustar, e não aquele que não comete erros. Durante nossa história cometemos tropeços, mas compreendemos que essas dificuldades nos ensinam e nos permitem crescer juntos. Uma igreja viva é capaz de se reinventar, de oportunizar que as pessoas se envolvam e deem o melhor de si, no exercício de seus dons.


Nosso desafio é compreender que a igreja não é simplesmente a soma das partes, mas um organismo vivo e atuante, com múltiplos dons e habilidades. Crescemos e continuamos crescendo porque nosso desejo é que o evangelho seja pregado, que vidas sejam restauradas e transformadas pela Palavra de Deus.


Cada expediente, departamento e ministério visa servir aos outros, atender aos necessitados e ser um meio de manifestação do Reino de Deus. Trabalhamos para ter espaço para que todos desenvolvam suas habilidades, tirando a grandeza de Deus para fora. Como? Através do serviço e do cumprimento do desígnio dado por Ele. Seguimos firmes na visão dada por Deus, até o fim!


-- Ouça a Palavra do Apóstolo na íntegra através do Cd, por encomenda no balcão de informações, ou no nosso canal no Youtube: youtube.com/mbcvtv

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV