A importância das férias

Dormir até mais tarde, fazer passeios diferentes, se divertir com um monte de brincadeiras. Essas são algumas das melhores coisas das férias. Mas, além de descanso e diversão, esse período pode ser muito benéfico para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança, como mostrou um novo estudo feito pela Academia Norte-Americana de Pediatria (AAP).


“Durante as férias, as crianças montam um quebra-cabeça de tudo aquilo que aprenderam na escola", diz a psicóloga Nívea Fabrício, diretora pedagógica do Colégio Graphe (SP)


As crianças recebem um conjunto de informações que não conseguem colocar em prática se não tiverem um tempo livre para isso. E as férias são o momento ideal, explica o pediatra Ricardo Halpern, presidente do departamento científico de pediatria do comportamento e desenvolvimento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que completa: "O brincar livre, sem horário para terminar, é muito importante e altamente estimulante. É nessa hora que a criança consegue criar, aplicar o conhecimento, extrapolar o que está aprendendo na escola sem um compromisso ou pressão”.


Dessa forma, em atividades lúdicas durante as férias, as crianças estarão consolidando o que aprenderam durante o ano (como conceitos matemáticos ao fazer um bolo com a mãe). É perceptível o amadurecimento destes na volta às aulas, onde crianças tímidas voltam mais extrovertidas, e após um breve período de descanso da rotina puxada que a escola exige, os pequenos têm suas forças renovadas.


Levando em consideração que as crianças dedicam grande parte do seu tempo aos jogos e brincadeiras, cabe aos pais ou responsáveis proporcionar-lhes diferentes vivências, principalmente neste período de férias. Brincando, as crianças conquistam suas primeiras relações com o mundo exterior e entram em contato com objetos que permitem várias possibilidades de criação, exploração e expressão, assimilando gradativamente regras e padrões


Por esses fatores, os familiares envolvidos na criação devem proporcionar momentos de lazer conjunto com QUALIDADE, conforme a Declaração Universal dos Direitos das Crianças propõe: "Princípio VII - A criança deve desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras, os quais deverão estar dirigidos para educação; a sociedade e as autoridades públicas se esforçarão para promover o exercício deste direito”.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV