O coração dá as saídas para a vida

Há um número grande de Igrejas para que você busque onde você melhor se adapta para fazer parte do corpo. Nós somos uma Igreja apostólica, que leva o ensino da Palavra de Deus, e executa através de ministérios uma visão Teocrática em que Deus governa, e é o centro de tudo que fazemos!


E este ano é o ano da CORAGEM!


É ano de coragem para seguir os Padrões de Justiça de Deus, e os que optarem pela obediência estarão seguros e bem lhes irá! O justo é como o filho de um leão, que está sendo acompanhado, mas também tem coragem com ousadia, para crescer e se fortalecer a cada oportunidade.


A intercessão daqueles que se ajustam à vontade de Deus e clamam pela nação, é o que nos salva! O juízo de Deus não começou ainda, mas a lei da semeadura sempre permanecerá, pois cada um colhe do que planta!


O inimigo tem alimentado ideologias malignas, iludindo as pessoas com direitos, sem orientar os deveres para que possam colher os devidos resultados. Isso é uma ilusão às pessoas, pois passarão a exigir sem cumprir, e lá na frente a vida devolverá essa semeadura improdutiva!

Quando o ser humano está envolvido com os prazeres deste mundo, e não leva a sério a Palavra de Deus, a sua consciência fica quase anestesiada, e não percebe mais as luzes de alerta por onde Deus fala conosco. E aí a bênção, a direção, as provisões e os cuidados de Deus, que estão ligados à vida ajustada aos Seus padrões de Justiça não nos alcançam, por consequência de nossas próprias escolhas e decisões.


Por isso a salvação é individual, e cada um perde ou ganha de Deus conforme sua disposição de se ajustar a vontade Dele! A justiça é um atributo divino, mas é você que o constrói em si mesmo. Cada um tem de Deus conforme sua força e dedicação em busca-Lo e conhecê-Lo!

A Palavra confirma que o coração dá as saídas para a vida, e que eles está cheio do que a boca fala. Assim, como só consigo falar daquilo que me alimento, a área que eu mais alimentar na minha vida é a que ficará mais fortalecida.


Todos nós seremos julgados pelas nossas atitudes. Precisamos desenvolver a cultura do Reino, para não desenvolver a cultura do mundo, assim como atitudes erradas, que não precisam ser ensinadas as crianças, pois são naturais.


Deus dá 24h em igualdade para todos. Com coração, alma, entendimento e forças (esforço). Construa sua vida com base em ações que lhe motivem para a direção certa. Estou sendo benção ou maldição onde participo?


Faço parte da salvação e recuperação da empresa? Ou da falência e problemas que nela há? Esse ensino salva seu pão de cada dia, seu futuro.


O que você fala é o que você verdadeiramente crê, ou é apenas o que colocaram no seu ouvido? Você é uma voz ativa ou um eco dos outros? O que você é, é o que você faz!


Você é ousado ou tímido? Você é corajoso ou omisso? Numa mudança ou reforma de uma área que está gerando risco, você examina o que tem de bom, elimina o que não tem mais proveito, e o que é lixo se lança no fogo.


Aquele que tem boas obras Deus promove, mas os que não têm boas ações nem disposição de servir, não adianta ter canudo de faculdade. É o nosso trabalho executado e o seu resultado que nos credibiliza a manter o trabalho. Se não gera resultado será descartado.


Todos que aceitaram a Cristo são filhos de Deus, e Deus não tem filhos pobres coitadinhos nem covardes. Isso é resultado do ser humano preguiçoso e acomodado, que não se posiciona como filho do Senhor! Fale mais do preparo e do preço a ser pago para chegar à realização de um sonho, pois se falarmos apenas do sonho realizado os outros viverão de ilusão, e essa é a maneira de pensar nos próximos propósitos.


E todo o errado procura o erro dos outros e os culpados, para que não vejam nela os erros e problemas. Por isso esteja atento à sua linguagem, atitudes e escolhas, para que consiga ter desenvolvimento da cultura do Reino na sua vida. Para isso é preciso remover a cultura do pecado, remover todo o inço, toda a sujeira e as coisas que irão atrapalhar no plantio da terra.


Na parábola do semeador, a terra boa é a que deu os bons frutos, mas a terra cheia de espinhos é quem tem inúmeras sujeiras, pecados dificuldades, e coisas ruins na sua vida, que a sufocam a vontade de fazer coisas boas. A bênção não é de graça, mas a graça ajuda na prática da Palavra para que a bênção seja a você liberada!


A cada um, a bênção vem em consequência das atitudes, quando há esforço para fazer o bem para vencer o mal! Que sejamos capazes de exercer tudo que temos aprendido pela Palavra de Deus!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV