Conhecendo a Arteterapia

A arteterapia, que é o uso da arte como base de um processo terapêutico, cada vez mais tem se reproduzido em diversos espaços. Aderindo membros que rapidamente se sentem contemplados, este método propicia resultados em um breve espaço de tempo.


Em sua metodologia, utiliza a expressão simbólica, de forma espontânea, sem preocupar-se com a estética, através de modalidades como: pintura, modelagem, colagem, desenho, tecelagem, expressão corporal, sons, músicas, criação de personagens, dentre outras. O uso das artes plásticas a identifica como uma disciplina diferenciada.


A arteterapia possui a finalidade de propiciar mudanças psíquicas, assim como a expansão da consciência, a reconciliação de conflitos emocionais, o autoconhecimento e o desenvolvimento pessoal. Além disso, tem também o objetivo de facilitar a resolução de conflitos interiores e o desenvolvimento da personalidade.


Isso possibilita o desenvolvimento cultural, individual e social. É também importante perceber que a arteterapia tem relação estreita com o desenvolvimento das crianças, suas possibilidades e necessidades.


Cada etapa do desenvolvimento infantil tem seu ritmo próprio, assim como seus fazeres diferenciados. Mas para que este educar com arte aconteça, penso ser necessário que o educador adquira alguns conceitos, que embasem esse fazer.


Esse educar se transforma em terapêutico à medida que promove o autoconhecimento, assim como o autodesenvolvimento. Assim, a arteterapia possibilita uso da arte como um caminho que promove ao individuo conhecer; tanto seu mundo interno, como as suas possibilidades, usando o não verbal, para que através de pinturas, recortes e colagem trazendo à consciência sentimentos, emoções até então desconhecidos.


Colagrande afirma que é através das expressões não verbais que os sentimentos vão sendo trazidos à nossa consciência. Então, podem ser vistos e modificados, com um novo olhar sobre as diferentes situações que se apresentam na vida. Há, portanto uma ampliação do olhar frente ao novo, ao difícil e ao desconhecido.


Vê-se, portanto, que no processo arteterapêutico a possibilidade de mudanças importantes ao indivíduo como um todo. Isso se dá porque se vencem dificuldades na relação com os materiais, com as produções, e este processo pode transpor para sua vida, passando a vencer seus medos e outros obstáculos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV