“Es-colher”: seus movimentos definem suas colheitas!

Em geral, a primeira e instintiva reação do ser humano, diante dos resultados negativos da sua vida, é se colocar em uma posição de vítima das circunstâncias, na tentativa de justificar suas atitudes e escolhas, e minimizar sua responsabilidade pela situação em que se encontra. Inúmeras são as formas de encontrar culpados ou justificativas, para não reconhecer que as escolhas feitas não foram boas.


Isso facilmente se comprova quando vemos pessoas que dispõe da mesma quantidade de tempo, igual para todos por sinal, recursos, ensino e capacidade alcançarem resultados diferentes. Enquanto uma senta e chora diante de um obstáculo, a outra reúne todas as suas forças e energia para saltar e vencer um a um. Enquanto uma escolhe desfrutar no presente e se vê em maus lençóis em um futuro próximo, outra escolhe sacrificar prazeres e dedicar seus esforços no presente para desfrutar de forma segura o futuro.


Chegamos à conclusão que sempre se trata de ESCOLHAS. Ainda que as circunstâncias sejam diferentes para diferentes pessoas, sempre há uma escolha a ser feita, que pode nos levar ao crescimento ou ao sofrimento.


A palavra ESCOLHER tem origem no latim “EXCOLLEGERE”, que é formado pelo prefixo “EX”, que indica a ideia de movimento para fora, e “COLLIGERE”, que, em suma, significa colher. De forma simples, podemos confirmar que nós mesmos produzimos aquilo que colhemos. Colocamos para fora a nossa própria colheita e o nome dessa ação é ESCOLHER.


Cada escolha que fazemos é uma semente que lançamos do nosso interior para o caminho que trilhamos. Às vezes nos deparamos imediatamente com o fruto dessa semente, às vezes é logo ali na esquina e, em vários casos, muitos quilômetros à frente. Somos nós mesmos os responsáveis pelo que vamos sentir, e o que isso vai nos causar, quando nos depararmos com cada uma das nossas escolhas, se vamos sorrir e nos alegrar ou se vamos chorar e sofrer.


Diz-se, sabiamente, aliás, que pessoas bem-sucedidas sabem que são responsáveis pelos seus resultados na vida. Sugiro então que você pare um momento para pensar a respeito dos seus resultados e que o primeiro passo seja reconhecer que você é o responsável por isso, seja pelas vitórias, seja pelos fracassos e, então, ESCOLHA O QUE COLHER a cada passo da sua jornada, não só nesta terra, mas também na eternidade!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV