A frequência da gratidão

Nossa vida exige cada vez mais cuidado e atenção, nas escolhas que fazemos e nas relações que estabelecemos com os outros. O inimigo vem contra o ser humano com inversão de valores e quebra de princípios.


O ser humano, que vive com princípios quebrados, é como pneu com um prego. Vem e se abastece por completo no culto, mas volta para casa, e na manhã seguinte está murcho. Quem não aceita a verdade colherá os frutos da sua incredulidade. A verdade continuará sendo verdade, quer creia quer não.


Esse é um ano de coragem. Em Provérbios Salomão afirma que os que abandonam a lei louvam os ímpios (apoiam os erros corruptos mentirosos bagunceiros), e os que a obedecem pelejam contra os ímpios. Não se pode ficar quieto quando surgem oportunidades de falar a respeito do que é justo, para que outros não pereçam por falta de conhecimento.


Os homens maus não entendem a justiça, mas os que buscam ao Senhor a entendem plenamente. Quais são as suas frequências? Como você tem formado o "seu mundo"? Que escolhas estamos fazendo para formar a nossa frequência? Qual é seu convívio mais próximo?


Nós somos a média das 5 e 6 pessoas com as quais mais convivemos. Deus fala conosco pela nossa consciência, que é a lâmpada do Senhor. E conforme obedecemos ou não o que a nossa consciência nos "acusa", ficamos mais ou menos sensíveis a essa luz. Quanto mais rejeitamos a orientação da consciência, essa luz vai se apagando. Por isso os homens maus não entendem os que são espirituais.


Precisamos ter em mente o que pode nos dar esperança! A maneira que os crentes têm vivido na carnalidade, os impede de interromper esses legados hereditários. O resultado disso é que se exige maior dedicação para adquirir autoridade necessária no mundo espiritual.


Uma frequência importante para a vida cristã é a gratidão. É a frequência principal da ceia, pois é essencial sermos gratos a Cristo pela vida eterna que nos deu. Devemos agradecer pelo sacrifício que ele cumpriu na cruz, pelo privilégio de poder vir ao culto, de estar vivo...


Para crescer na vida a primeira coisa que precisamos buscar é conhecer a nós mesmos, e reconhecer pontos fortes e pontos de melhoria. Algumas perguntas podem nos ajudar nisso.


Você investiria em você? Você queria ter você como seu pastor? Como seu patrão? Como seu gestor? Você aceitaria investir alto valor numa pessoa como você?


A fé que tens, tenha em ti mesmo diante de Deus! Deus acredita em nós, mais do que nós mesmos. Aprenda que o Senhor, orientando, dirigindo e enviando, Ele também é quem dá a provisão.


Quando é o Senhor que diz “este é o caminho”, não fique em dúvida! Tenha Deus em alta estima, honra e respeito. Honra é uma semente. Quem honra será honrado, mas os que me desrespeitam serão desmerecidos. Quem tem prazer na Palavra e nos seus mandamentos honra a Deus.


A sua descendência será poderosa na terra, e a geração dos retos será abençoada. Bons sucessores geram resultados que alcançam gerações, os que são apenas herdeiros consomem para si.


O governo de Deus funciona desde a criação, por isso esse governo deve ser a nossa escolha. Alguns cristãos querem o Senhor porque Ele cura, faz milagres, dá solução.


Enquanto isso, o coaching e empresários querem os ensinos de Jesus, porque projetam, geram resultados inumeráveis e soluções surpreendentes. Por isso, muitos que vivem o ensino dos princípios, mesmo sem vírus na Igreja, são abençoados, porque tem as obras. Aqueles que têm a salvação aceitaram a Cristo, e colocando em prática a Palavra, terão também a benção.


O próprio salmista falava à sua própria alma, que precisava ser coordenada pela mente: “bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo que há em mim bendiga o seu santo nome. E não te esqueças de nenhum dos seus benefícios!” – Salmo 103.


Honrar mais aos filhos, por exemplo, do que ao Senhor, é inversão de valores. Se você desse ao seu filho o que damos a Deus, Ele iria ao shopping satisfeito? Ou achando miséria?


Quem não valoriza a igreja, o pastor em vida vai sofrer mais, pois só valorizará depois que perder. Reconheça os benefícios do corpo da Igreja e aproveite para desenvolver comunhão!


Tudo começa pela mente, valorize o que Deus te deu, mude tua frequência e comece a ter gratidão, pois essa frequência fortalece, edifica, motiva e capacita. Quem não é grato pela vida, acaba se metendo na vida dos outros.


Deus não impõe nada, Ele propõe! Você tem sua vontade voltada para Deus ou para sua carne? Da tricotomia que há em ti, é sua mente (espírito) que governa? Ou as emoções (alma)? Ou o seu corpo (carne)?

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV