Doença De Alzheimer

O Alzheimer é uma doença de lenta e progressiva evolução, que destrói as funções mentais importantes, levando o paciente à demência, termo usado para indicar que o indivíduo perdeu suas capacidades de raciocínio, julgamento e memória, tornando-o dependente de apoio nas suas atividades diárias. É a causa mais comum de demência, sendo responsável por mais de 60% dos casos.


Fatores de risco - A idade é o principal fator de risco para o desenvolvimento de demência da Doença de Alzheimer. Após os 65 anos, o risco de desenvolver a doença dobra a cada cinco anos. As mulheres tem maior risco para o desenvolvimento da doença. São considerados fatores de risco: hipertensão, diabetes, obesidade, tabagismo e sedentarismo. Esses fatores relacionados aos hábitos são considerados modificáveis.


Tratamento - Até o momento, não existe cura para a Doença de Alzheimer. Os avanços da medicina têm permitido que os pacientes tenham uma sobrevida maior e uma qualidade de vida melhor, mesmo na fase grave da doença. As pesquisas têm progredido na compreensão dos mecanismos que causam a doença e no desenvolvimento das drogas para o tratamento.


Algumas das descobertas mais recentes da ciência médica vêm encurtando a distância entre a fé e a razão, acrescentando uma maior legitimidade ao que compreendemos como causas espirituais da doença: pensamentos destrutivos praticados ao longo de uma vida; cultivo de emoções negativas em relação a si próprios e ao meio que os cercam; rigidez de caráter e de decisões (observado nas pessoas que apresentam um elevado grau de culpa, cobrança exagerada e doentia em relação aos eventos da vida), bem como um marcante traço de autoritarismo em sua personalidade; ausência de preparo para o envelhecimento; negação ao enfrentamento das feridas da alma; desistência em enfrentar as problemáticas da existência humana, alimentando mágoas, ódios, revoltas, desenvolvendo quadros de depressão e/ou ansiedade.


Como a doença afeta a família e como ajudar - O diagnóstico causa um grande impacto na vida de pacientes e familiares. Os principais motivos referem-se à impossibilidade de cura e à progressão dos sintomas. Informação é a palavra chave, para identificar sintomas e buscar tratamento adequado. Grupos de apoio, convívio com pessoas que passam por situações semelhantes permite a troca de experiências, e a fé é fundamental para fortalecimento de todos.


Fonte: Associação Brasileira de Alzheimer- ABRAZ

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV