Saúde e inteligência emocional no trabalho

Todos os dias, somos desafiados a testar nossos limites mentais e psicológicos nos ambientes de trabalho. Muito diferente do que ocorreu no século XVIII com a Revolução Industrial, onde os empregos eram para trabalhos braçais, o trabalhador era parte da engrenagem, sofrendo em seu corpo os danos causados pelo esforço físico; hoje na “Era do Conhecimento”, o mundo corporativo exige cada vez mais qualificações e competências impecáveis.


A velocidade com que as informações e conhecimentos são disseminados e alterados através das mídias digitais tem exercido grande pressão nos trabalhadores contemporâneos. Esse contexto gera um elevado número de afastamentos das atividades laborais em decorrência de doenças psicológicas ligadas à saúde emocional no trabalho. Ao mesmo tempo em que o nível de excelências técnicas é altíssimo, as pessoas não estão habilitadas a lidar com emoções e relacionamentos.


O grande diferencial profissional, então, passa a ser o que a psicologia chama de inteligência emocional, que é a capacidade de lidar com emoções para alcançar determinado objetivo. A OMS (Organização Mundial da Saúde) já desenvolveu estudos que comprovam que pessoas que desenvolveram as capacidades de inteligência emocional são raramente diagnosticadas com alguma doença ligada à problemas psicológicos relacionados ao trabalho, e que se consideram realizadas em suas relações afetivas.


Sete maneiras de desenvolver a inteligência emocional:

1 - Analise seu próprio comportamento: autoconhecimento é o primeiro passo para controlar as emoções.

2 - Domine suas emoções: não permita que sentimentos te dominem.

3 - Aprenda a lidar com emoções negativas: seja resiliente.

4 - Aumente sua autoconfiança.

5 - Aprenda a lidar com pressão.

6 - Não tenha medo de se expressar.

7 - Desenvolva empatia: coloque-se no lugar do outro.

Tudo isto é um exercício mental, uma tarefa complexa que exige dedicação e cuidado contínuos. Mas, toda boa prática traz resultados positivos para a área material, social e espiritual.

Fiquemos com o que o Apóstolo Paulo diz em sua carta aos Romanos 12.2

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”.


Fonte: https://mentalidadedecrescimento.com.br/

http://www.administradores.com.br/

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV