Charles Spurgeon

QUEM FOI:

Cherles Spurgeon nasceu em Kelvedon, uma área rural na Inglaterra, em 19 de Junho de 1834. Desde a sua infância esteve envolvido com a tradição não conformista. Seu Pai John e seu avô James eram ministros congregacionais. Aos 16 anos de idade Spurgeon pregou o seu primeiro sermão em uma casa de campo, sendo já aos 17 pastor auxiliar em uma igreja Batista em Waterbeach. Aos 20 anos de idade assumiu uma igreja que estava em decadência em Londres, sendo que, após um ano, restaurou a membresia da igreja.


No ano de 1855 recebeu seu primeiro aluno. Em 1923 já havia formado 845 ministros do evangelho. Escreveu muitos sermões que foram traduzidos para, pelo menos, 23 línguas e tiveram espalhadas mais de 100 milhões de cópias.


ÉPOCA EM QUE VIVEU:

Cidadão do século XIX, época em que houve uma eclosão do evangelho por toda a Inglaterra, se estendendo aos quatro cantos da terra através do número de missionários e pessoas que levavam o evangelho por onde quer que fossem. Foi a época em que também surgia a Teologia liberal, com seus métodos de interpretação da Bíblia que acabava matando a fé das pessoas.


PRINCIPAIS VIRTUDES:

Homem dedicado ao estudo da palavra, buscava com esmero todos os dias fortalecer a sua fé através do relacionamento com Cristo e através das orações. Não conseguia conciliar uma vida de liderança cristã com a falta de zelo na relação com Deus, pois isto tornaria a palavra pregada nada mais que um ritual e um discurso vazio de práticas do evangelho.


PRINCIPAIS DIFICULDADES:

Além de problemas de saúde, lutou muito com a teologia liberal e com a sua disseminação no meio da igreja, atentando para o fato que as igrejas precisavam seguir as doutrinas de Cristo, desligando-se das ideias que andavam em desacordo com uma fé sólida e conceitos que levariam a morte.


LIÇÃO PRÁTICA:

Charles Spurgeon buscava levar o entendimento de que o Reino de Deus é maior do que a instituição, servindo de exemplo para a nossa caminhada cristã. Além de pregar sobre isso, ele entendia o Reino como a coisa mais importante, pois isto levaria o cristão a um relacionamento verdadeiro e fiel com Cristo.


TIRA DÚVIDAS:

Certa vez Spurgeon disse: “Não devemos esperar ver recompensa imediatamente por todo o bem que fazemos... Sua boa palavra, que temos proferido, viverá. Talvez ainda não, mas algum dia vamos colher o que semeamos”.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV