Restaurando o hábito de cultuar

As recompensas de cada um virão conforme a gestão que cada um faz da sua vida. Se não conseguiu vencer a vontade de ficar em casa, fará a vontade de quem em casa? Penso em duas opções: da sua carne ou do inimigo, pois se não teve força ou vontade suficiente para vir no culto, não terá como vencer a própria carne em casa também.


Deus sonda e conhece o mais íntimo do nosso coração. “Dizei aos justos que bem lhes irá, porque comerão dos frutos das suas ações. Ai do perverso, mal lhe irá, porque a sua paga será o que as suas próprias mãos fizeram”. Isaías 3.10-11


Não está em Deus a falha, o motivo de você não estar melhor. Isso está em nós. Descarte o que não é certo dentre as suas opções de escolhas, para que chegue ao melhor resultado, ao que agrada a Deus.


Estar nesta Igreja foi direção de Deus? Ele nunca erra. Você tem colocado em prática os ensinos que tem recebido deste altar? Ou está como um “membro de cadeira” e orando para sair?


Desafio você a atentar para pontos importantes: procure um pastor melhor, e uma igreja que tenha mais frutos! O poder está na Palavra, e o poder é dado para levantar as pessoas e não para derrubar.


Para melhorar a nossa vida, antes de pensar em qualquer coisa, precisamos pensar e rever o nosso culto e nosso relacionamento com Deus! Porque, quem escolhe ficar sozinho para fazer o culto, já está corrompendo sua fé.


Deus nos dá ensino e preparo sobre boa gestão da vida, para termos crescimento e realizações. Ele ensina formas de crescer e enriquecer, mas quando Deus não está acima de tudo, as riquezas nos tentam e seduzem para corromper e desviar.


A alma é como uma criança, ela se ilude com facilidade, ela se vende por pouco. Por isso a riqueza seduz, corrompe e desvia a muitos. Mas a riqueza é pecado? Não!


Riqueza é dom de Deus, mas a ruína está no amor ao dinheiro. E hoje, os governantes estão querendo o comunismo, mas por quê? Amam riquezas, não semeiam, vivem do dinheiro do povo que paga impostos e dos empresários. E estes que vem cobrar e pedir mais contribuições para dar ao pobre, o que tem realizado? Ou eles estão ficando com tudo para si?


A terra tem um equilíbrio que pode ser praticado. O povo de Israel, pelo egoísmo, ganância e o apego às coisas materiais, não respeitou o tempo de descanso dos animais e dos servos, e da terra, que deveria acontecer no sétimo ano, para que fossem atendidos os pobres, as viúvas, os órfãos e necessitados.


Eles não obedeceram, não pararam, não atenderam, e por isso Deus levantou o rei Nabucodonosor, e levou cativos todos os ricos e sacerdotes. Ficaram na terra os pobres, para comer e usufruir de tudo que ficara disponível ali. Todos aqueles homens bem sucedidos foram levados cativos, e tiveram de trabalhar, edificar suas casas, procurar a paz da cidade. Isso aconteceu porque antes não valorizaram as moradias que ganharam prontas, não foram gratos, e não obedeceram a ordem de atender os pobres e necessitados, as viúvas e órfãos.


Com o cativeiro, durante 70 anos, os pobres puderam usufruir da terra, dela comer, colher e serem atendidos. E passados os 70 anos, despertou o Senhor o coração do rei Ciro (Pérsia) para que fosse edificado um templo em Judá, em Jerusalém. Ele declarou que o povo subisse e edificasse a casa do Senhor, aqueles cujo espírito Deus despertou, para subir à edificar a casa do Senhor.


Se você tem crescido na área material, e também nas finanças, precisa crescer na área espiritual, para que consiga permanecer em equilíbrio e salvo. Porque aquele que não cresce na área espiritual se desvia, e depois, inclusive aquilo que conquistou enquanto esteve andando com Deus, perderá. Ficará pior que antes. Foi o que aconteceu com o povo da terra prometida.


O Rei Ciro, na época, era um homem ímpio que Deus levantou como provisão e solução. Ele deu ordem e oportunidade para a reconstrução do templo para o relacionamento com o Senhor.


Restaure seu corpo, seu zelo em vir no culto, restaure ser relacionamento com o Senhor! Restaure o hábito de alimentar o seu espírito, o ânimo de estar servindo e compartilhando as bênçãos que Ele tem nos dado.


Você deve estar onde Deus fala com você, onde você foi chamado a estar. A bênção é geográfica, pois o lugar onde Deus nos coloca faz parte do propósito que Ele pensou para cada um de nós.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV