Pedagogia Dos Detalhes

O bebê é sujeito capaz, muito mais do que a maioria dos adultos pressupõe. Biologicamente, o bebê está pronto para aprender e pesquisar por conta própria. Com um rigor quase científico: questionando sobre os elementos que entra em contato, explorando-os, coletando informações deste, construindo suas próprias análises e muitas vezes compartilhando suas descobertas. Tudo isso em seu ritmo, de acordo com seus interesses.


O bebê precisa essencialmente de segurança e vínculo. O toque, a fala respeitosa, o cuidado diário realizado sempre de um mesmo modo são essenciais para o bebê sentir-se seguro e conquistar autonomia. É primariamente pelo corpo que ele percebe o mundo e percebe-se psíquica e fisicamente. É preciso que os cuidadores avisem o que vão fazer, pedindo permissão para manipular os corpos das crianças.


Rolar, virar-se, sentar-se, alongar e firmar os membros, ficar sobre o apoio pernas e mãos, engatinhar, erguer-se são conquistas do bebê; não podem ser “adiantadas”, estimuladas, “ensinadas” pelo adulto. Estas constatações partem da pediatra húngara Emmi Pikler.


Sintética e superficialmente citadas acima, a “abordagem Pikler”, pode ser entendida como o conjunto de premissas no cuidado com os bebês que pode ser resumido em três princípios básicos: a segurança afetiva, um ambiente previsível e o movimento livre.


A sucessora de Pikler, sua filha Anna Tardos, salienta que existem modos de cuidar de uma criança, que seria denominado como “um encontro real, onde a criança não é apenas o objeto de tudo aquilo que acontece com ela”. Momentos em que ao chamar a atenção da criança, procurar pelo seu olhar, estabelecendo um contato com ela, ou ainda, ajudar com palavras para prepará-la para o que vai acontecer a seguir.


Esses são alguns dos exemplos que a pedagogia atenta aos detalhes do sujeito, assegura para as suas crianças. Que assim como Pikler enfrentou o desafio de propor um espaço melhor, mais cuidadoso, sensível e atento aos bebês, também nós possamos caminhar rumo a espaços que consigam acolher a complexidade da chegada dos bebês no mundo.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV