Amar a si mesmo!

Ninguém pode ser grato na vida se não tiver amor próprio, se não amar a si mesmo. Quem não se quer, não quer ninguém. Uma das exigências do amor ao próximo, de se fazer disponível e útil aos outros, é “amar o próximo como (da mesma maneira) a si mesmo”. (Mt 19.19). Quem não se quer não se agradece, não se merece, não se ama, e deixa de amar a tudo e a todos.


O amar a si mesmo, que fala a Escritura, não se trata de egoísmo – que diz respeito àquela coisa medonha de preferir a si mesmo – encerrado em suas limitações e entendendo que tudo deve cooperar para o seu bem.


O egoísta é caracterizado pela falta de amor ao próximo, uma referência clara a quem não se ama, e está sempre insatisfeito. O egoísta está tão preocupado consigo mesmo e com seu bem-estar que não tem tempo e nem espaço para amar a mais ninguém. Sozinho ele é insuportavelmente autossuficiente.


Quem ama a si mesmo, pelo contrário, se cuida para cuidar, se aceita positivamente e se preserva para se doar. Aceita-se com as suas limitações e esforça-se para melhorar. Assim, aceita aos outros e melhora-os com as suas atitudes. Quem é mal amado consigo mesmo é desalmado com os outros. Quem se ama, aceita os outros aceitando-se, entendendo que sua atitude para com os outros passa por sua atitude consigo mesmo.


O problema não está em amar a Deus ou ao próximo, a questão está em não amar-se. Eis as razões das guerras, dos pleitos e das discórdias. Tudo começa em um coração que não ama a si mesmo. Daí vem a necessidade de aprender a se amar a partir do amor gratuito e incondicional de Deus.


Este amar a si mesmo como receita divina para amar o próximo, parte da aceitação de ser quem somos: com nossas qualidades, que devem ser sempre aprimoradas, e com nossos erros, defeitos e limitações, que devem ser suplantados com aprendizado e com serviço. Diz respeito a aceitar a vida e suas condicionantes com fé em Deus, a partir de nossos êxitos e fracassos, fazendo de cada momento um aprendizado.


Aceitar-me hoje, tal como sou, comprometido comigo a avançar, melhorar e seguir para o alvo. Confiar sempre com esperança, sabendo que o amor de Deus é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo (Rm 5.5). Quando alguém ama a si mesmo não vive somente para si, e só assim pode amar ao próximo.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV