NOVEMBRO AZUL

Conforme dados do Ministério da Saúde, 31% da população masculina não tem o hábito de ir ao médico. Os homens vivem em média 7,2 anos a menos que as mulheres. As principais causas de mortes nos homens são, nos jovens, violência e, na faixa acima dos 50 anos, doenças cardiovasculares, infarto do miocárdio, AVC e câncer. Em relação ao câncer, o que mais mata é o que atinge o aparelho digestivo, seguido do pulmão e próstata.


Os homens têm medo de descobrir doenças e pensam que nunca vão adoecer, por isso muitas vezes não se cuidam como deveriam. Os homens estão mais expostos a acidentes do trabalho e do trânsito, tendem a ser mais promíscuos, possuindo mais doenças sexualmente transmissíveis, utilizam álcool e drogas em maior quantidade e, muitas vezes, não continuam os tratamentos de saúde recomendados até o fim. Esses são aspectos relevantes que devem chamar a atenção da saúde pública e dos próprios pacientes a respeito da prevenção. A busca por uma consulta clínica anual é extremamente importante para o exame físico e para a realização de exames complementares que possam apontar preventivamente doenças ainda em boa fase para tratamento.


O homem é visto socialmente como racional, independente, autoconfiante, mais agressivo, forte, inteligente e provedor. Mas será que esses conceitos não tem se transformado? E a busca da prevenção para uma boa saúde física, emocional e espiritual está sendo devidamente considerada? A prevenção está ao alcance de todos.


Exames para avaliação da saúde da próstata devem iniciar aos 40 anos de idade, com o exame de sangue PSA e o toque retal. Nesse aspecto, ainda temos muito pré-conceito! Os exames de laboratório devem ser orientados pelo seu médico clínico ou geriatra e feitos periodicamente. A importância do controle da pressão arterial e do uso do protetor solar em áreas de exposição são essenciais.


O homem moderno busca vestir e apresentar-se bem, faz cirurgia plástica, compartilha das tarefas da família com as mulheres, participa da educação dos filhos, divide despesas, está atento à prevenção de doenças, faz atividade física regularmente e é gentil no trato com as pessoas. Dessa forma, estamos mais próximos de uma saúde plena e viveremos por mais tempo e com qualidade de vida.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV