IMITAÇÃO DE CRISTO

Cristo é a verdade primeira da fé cristã, o critério supremo de atuação e a única possibilidade de salvação, “em nenhum outro nome há salvação, porque debaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” (At 4.12). Isso reflete na atitude dos apóstolos e da primeira igreja, onde a fé não consistiu em aceitar um conjunto de verdades teóricas ou religiosas, senão aceitar a Cristo, e encontrar somente NEle a verdade pela qual a história de cada mulher e de cada homem tem significado. Também para eles (e para nós), a fé cristã não consiste em apenas observar as leis e princípios morais advindas da tradição judaica, mas sim, aceitar a Cristo como modelo padrão de existência. Tomás de Kempis, em um dos mais famosos livros da cristandade - “A Imitação de Cristo” - nos diz que imitá-lo é a única maneira de nos livrarmos de toda a cegueira e jamais andarmos em trevas.


Jesus disse em Jo 8.12 "Eu Sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas". Kempis entende aqui “seguir”, como um discípulo determinado a imitar o mestre em suas atitude. Ainda a fé cristã, não é apenas apoiar-se em promessas mais ou menos gerais e aplicáveis a cada área da vida, mas apoiar todo o nosso futuro em Jesus Cristo, o único que tem as palavras de vida eterna. Assim, os primeiros cristãos proclamavam a sua fé, e na luz da ressurreição, viveram a sua palavra, afundaram-se mais e mais na personalidade deste Homem surpreendentemente ressuscitado por Deus. Em Jesus, todos proclamaram uma mesma fé.


NEle quis Deus compartilhar a nossa vida, morrer a nossa morte, e prover salvação a todos os que NEle cressem. Os discípulos conheceram a personalidade concreta de Jesus e aprenderam Dele, como se portar em cada situação da vida, mantendo uma atitude sempre vitoriosa, independente dos resultados à olhos humanos. Imitavam o mestre com suas vidas todos os dias. Frases como: “Cristo sempre nos conduz em triunfo”; “somos mais que vencedores em todas as coisas (situações)”; “por amor de ti, somos entregues à morte todo dia”, “importa antes obedecer a Deus do que aos homens”; não eram versículos bíblicos, eram expressões do seu viver diário. Olhavam para eles e diziam: “estes andaram com o Senhor.” Viviam vidas de Ressurreição!



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV