MBCV: um Ministério firmado em princípios imutáveis

Quem não agradece pela salvação é porque não é salvo. Quem não agradece por ter o Senhor é porque não é Dele. Deus é lindo, Deus é maravilhoso! A liberdade que Ele dá é chamada de livre-arbítrio: você pode escolher entre benção e maldição, salvação e morte, a gratidão ou murmuração. Além de fazer bem para a alma, a gratidão credibiliza, ativa a memória. É interessante como a maioria só agradece o que tem. Mas quando aprendemos a agradecer as oportunidades que temos para ser, para fazer, com certeza teremos os melhores resultados - e isto é fantástico!

Aqui vai uma receita: nunca faça nada que você não possa agradecer antes. Vai cair lá embaixo o risco de desgraças, de perdas, juízos, frustrações. Ex 19.5-6: “Se atentamente ouvirdes a minha voz e guardardes o meu pacto, então sereis a minha possessão peculiar dentre todos os povos, porque minha é toda a terra”.

O ser humano tem três fases muito marcantes na vida: 1) Fase da ilusão: até os 30 anos - Quantos já se arrependeram de oportunidades perdidas? Quantos dizem que se tivessem aproveitado os seus 20 e poucos anos, ou, se passasse todo o dinheiro que já passou nas mãos, estariam ricos? Até os 30 anos a pessoa é pouco madura, vive de ilusão - e infelizmente isto se aplica também na fé. Muitos se deixam conduzir por um espírito muito sacana. Vejamos o que diz Pv 1.19: “Tal é a sorte de todo ganancioso; e este espírito de ganância tira a vida de quem o possui”.

2) Fase da ambição: até os 40 anos - Chegando aos 30 anos, ôpa! Preciso pensar em mim, tenho que construir, tenho que adquirir, tenho que resolver a minha vida material. Ai se joga de cabeça num mundo de ambição, de maneira obcecada, e isto não dá certo.

3) Fase dos pés no chão: dos 40 anos em diante - Nesta fase é fácil entrar em crise, pois começa acontagem regressiva, e logo se pensa “não vou mais arriscar, não vou me desgastar, não vou mais fazer loucura!”. E nesta fase que se põe os pés no chão e as coisas começam a dar certo. A vida começa a ter um novo sentido, a pessoa não ficou velha, ficou mais experiente! E não é a experiência uma das virtudes mais apreciadas, que oportuniza e garante segurança para quem a tem?

Onde entramos nisto tudo? Toda a crise leva a uma avaliação e busca, porque, se você está em crise e não questiona, você vai se acomodar e a crise vai lhe moldar a ser uma pessoa medíocre, fracassada, falida, corrompida. Se cada vez que vier uma crise, se aceita como carma, será assim a vida toda. Porém, não é assim a vida, porque “quando Deus quer nos promover, Ele nos dá problemas à resolver”. E as maiores e melhores invenções aconteceram para resolver problemas e para sair de crises.

Depois de 14 anos em que conhecia a Cristo, comecei a questionar minha própria fé, pois estava obcecada no sistema que fazia parte. Obedecia muito mais à doutrinas de homens do que à princípios da Palavra de Deus. Um pastor de nível internacional, Napoleão Falcão, foi quem me abriu os olhos e tirou as maiores dúvidas que tinha, quando entrávamos madrugada adentro aprendendo verdades da palavra. Lembro de ter perguntado: “pastor, qual a diferença entre doutrina e princípio?” Muitos não sabem até hoje! Doutrinas têm muitas! Tem a doutrina da igreja, a doutrina dos homens, a doutrina de demônios, a doutrina de Deus, e as doutrinas ideológicas que seguem doutrinando nas escolas.... Mas princípios , ah estes são imutáveis! Quando construímos a nossa fé em princípios, ninguém impede ou interrompe o nosso relacionamento com Deus. Quando uma vida está construída em cima de princípios ninguém segura e ninguém impede que o desígnio daquela pessoa saia à luz e cumpra o propósito para o qual Deus o designou. E Deus governa na terra através de princípios. Pasmem: a maioria destes princípios que ainda mantém esta terra sustentável não estão dentro de igrejas. São coisas forte de se dizer, mas como não sou chamado por homens, mas por Deus, tenho que ser leal à verdade: Deus governa por meio de princípios.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV