O melhor presente é ser presente

Crescemos ouvindo ditados que, na prática, tem muito pouco haver com a realidade da vida. Um deles diz assim:“Faça o que digo, mas não faça o que faço!”.


Como nós, pais, podemos exercer autoridade, zelo, amor, e tantos outros frutos do Espírito Santo de Deus, na vida dos nossos filhos, sem que eles percebam como nós agimos e reagimos a essas questões que envolvem a vida?


Posso dizer algo que tenho aprendido e entendido ao longo da minha caminhada com Deus: tudo que se planta, se colhe. O exemplo vem de casa sim, quer queira, quer não. A vida é o resultado de escolhas que tivemos ao longo da nossa caminhada, mas, com graça e sabedoria dada por Deus, conseguimos identificar o que devemos plantar.


Quando somos crianças, nossas ações baseiam-se naquilo que nossos pais nos ensinam, em seus conceitos de vida, fé e cultura. A medida em que os anos passam, vamos desenvolvendo o senso crítico e se torna possível avaliar se o que temos aprendido é o que iremos seguir fazendo.


Não falo sobre rebeldia, ou desmerecer o que fomos ensinados, mas esse é o ciclo natural da vida. Ensinamos e somos exemplo na tarefa e dádiva incansável de mostrar aos filhos como se deve viver, transmitindo amor, convicções e sonhos, para que, assim que inicie sua maturação cerebral, possam tomar as melhores decisões na vida.


Pais presentes geram filhos capazes de tomar boas decisões. Desde a chegada do bebê, inúmeras são as preocupações, desde comprar o quartinho, adquirir o enxoval, ou até mesmo matricular em uma boa escola. Mas minha intenção neste artigo é refletirmos sobre o que é realmente importa quando o assunto é filhos. Entenda: é o seu nível de fé, piedade e amor que faz a diferença na vida deles.


Muitos de nós não tivemos bons exemplos na infância, mas com a misericórdia e graça de Deus, conseguimos, com ardente empenho, mudar nossa visão sobre a vida. Quando reconhecemos a Cristo como nosso Senhor e Salvador, somos transformados, nossa maneira de ver é restaurada e nos tornamos capazes de redirecionar nossa história.


Da mesma forma que encaramos a fé, nossos filhos a compreenderão. A primeira ideia de quem é Deus na vida da criança, está ligada a figura do Pai e aos ensinos que recebe das pessoas mais próximas.


Ao escrever esse artigo, li um post no facebook de uma querida irmã em Cristo de que sua filhinha de três anos, falava que estava com medo do escuro. Ela amavelmente respondeu que enquanto cuida da filha, Jesus está cuidando delas. A menina então responde que Jesus é o herói e em seguida diz que seu papai (disse o nome do pai) é Jesus! A menina ainda tem a visão abstrata de quem é Jesus, mas a seu tempo terá uma visão concreta, dependendo de como os pais ensinam e agem, nesse sentido. Quanta responsabilidade nós pais temos, não é mesmo?


Mas não se preocupe, caso não tenha tido um bom exemplo, nada está perdido! Com Jesus sempre há esperança! O próprio Deus fala através das escrituras que “mesmo que teu pai e tua mãe de desamparem, eu jamais te desampararei” Salmos 27.10


Honre seus pais - sem julgamentos! Lembre-se que eles também foram crianças, dependiam dos seus progenitores e muitos não tiveram um encontro com Cristo. Dificilmente as pessoas irão oferecer o que nunca tiveram! Apenas com a graça de Deus isso é possível! Perdoe seus pais e, caso necessário, e repense que exemplo você tem sido para seus filhos. Sempre podemos recomeçar, reconquistar o que se perdeu. Você pode ser um marco na sua geração!


Não perca seu filho para as coisas deste mundo, seu esforço não é em vão. Não terceirize a educação, ela não é dever da escola, do Estado ou do líder espiritual. Essas pessoas irão contribuir, e muito, para o crescimento saudável da criança, mas ninguém substitui os pais.


Podemos dar os melhores presentes, a melhor escola, a melhor roupa, mas se não ensinarmos valores e princípios, seu esforço para lhe dar uma boa vida não terá valor.


Cuide das emoções de seus filhos, ajude-os a gerenciar seus sentimentos. Quando tiverem situações difíceis a enfrentar lembrarão do seu ensino e com certeza isso fará muita diferença na vida adulta, trará resultados positivos, benéficos. E mesmo hoje, em tempos tecnológicos, com tantas facilidades digitais, não se deixarão influenciar, pois os conceitos de vida que você transmitiu estão bem firmados.


“Portanto não encobriremos dos nossos filhos, nem da geração vindoura os grandes feitos do Senhor, assim como sua força e as maravilhas que fez. " Salmos 78:4. Também creia na palavra que diz: "Porém eu e minha casa serviremos ao Senhor " Josué 24:15 “Eis que os Filhos são herança do senhor, O fruto do ventre o seu galardão". Salmos 127:3


O melhor presente que seu filho pode ter é a sua presença e a presença de Deus na vida dele. Com esses conceitos bem embasados, as demais coisas Deus acrescentará! Seja presente! Seja você o melhor presente para seu filho! Educar, não é fácil, requer de nós esforço e muito amor, mas é altamente recompensador. Seja presente e poderá contemplar os resultados do seu empenho logo adiante. Sejamos pais que glorifiquem a Deus, amém?



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Sobre nós

A igreja precisa ter suas convicções firmadas nos princípios da Palavra, com uma postura ética e coerente com aquilo que propõe para a sociedade. 

Esperamos por Você

(51) 3582-3620
R. Sobradinho, 301

Novo Hamburgo/RS 

comunicacao@mbcv.org

CNPJ - 919952410001-73

© 2018 por Comunicação e Marketing MBCV